Curso de Extensão - Análise Acústica dos Sons da Fala

Curso de introdução à análise fonética experimental dos sons da fala do português brasileiro.
  • Quando 09/08/2016 14h30 to 22/11/2016 17h30 (America/Sao_Paulo / UTC-300)
  • Onde UFPR - Edifício D. Pedro I
  • Nome do contato Adelaide Silva
  • Adicionar evento ao calendário iCal

Apresentação

O curso "Análise acústica de produção da fala" objetiva introduzir os alunos à análise fonética experimental, em particular a análise acústica dos sons da fala, com especial ênfase para  aspectos segmentais do português brasileiro. Para isto, contará com aulas semanais com três horas, no período vespertino, às terças-feiras.

A oferta deste curso busca atender uma demanda crescente por essa prática fora da universidade, ao mesmo tempo em que disponibiliza para alunos da UFPR a inserção numa fatia do mercado de trabalho ainda muito pouco explorada pelos profissionais de Letras.

Assim, por exemplo, peritos da polícia civil e da polícia federal têm recorrentemente, há anos, utilizado a identificação de falantes como meio para colher provas em investigações. A identificação de falantes, por sua vez, se vale da análise dos sons da fala dos indivíduos, buscando características que a tornem única numa amostra populacional.

Além da aplicação da fonética acústica às ciências forenses, empresas voltadas às telecomunicações têm-se valido de linguistas - e em particular de foneticistas - para construir sistemas de síntese e reconhecimento de fala que serão empregados, por exemplo, no segmento de telefonia. O desenvolvimento destas ferramentas é conduzido por equipes multidisciplinares que contam com linguistas, engenheiros eletrônicos engenheiros de computação. Logo, visar também ao pessoal das engenharias neste curso possibilita um diálogo entre áreas diversas do conhecimento e que podem desenvolver tarefas em comum.

A fonética acústica pode ainda ser empregada por fonoaudiólogos, na análise de fala com distúrbios. Embora no exterior a prática terapêutica de fala e voz se valha da análise acústica há tempos, como auxiliar diagnóstico, no Brasil essa ferramenta é pouco explorada para a mesma finalidade. A principal razão para isso é o desconhecimento da análise acústica por fonoaudiólogos.

Pelas razões expostas, deve ficar claro que o curso busca uma integração entre acadêmicos de diferentes cursos e profissionais de áreas diversas. Desta maneira, integra-se a comunidade universitária com a comunidade externa, buscando a sua integração.

Público-Alvo

Podem participar do curso docentes e alunos de graduação e pós-graduação da UFPR, em especial da área de lingüística, interessados na investigação de fatos segmentais e suprassegmentais do português brasileiro (PB), bem como na produção de falantes nativos de PB que adquirem uma língua estrangeira ou de estrangeiros que adquirem o PB.

Podem igualmente participar do curso alunos de computação e engenharia elétrica interessados no desenvolvimento de ferramentas como sintetizadores de fala ou sistemas de reconhecimento de fala.

Podem ainda participar do curso membros da comunidade externa, como: peritos criminais que trabalhem com identificação de falantes; engenheiros voltados às telecomunicações; fonoaudiólogos.

Inscrição

O curso já está em andamento, e assim as inscrições já estão encerradas.

 

Programa do Curso

 

Visando a cumprir com o objetivo geral proposto, o curso desenvolverá o programa que se segue, com base nas referências arroladas depois da exposição do programa.

 

1 – Princípios básicos de acústica

1.1 - Caracterização das ondas sonoras;

1.2 - Altura;

1.3 - Qualidade;

1.4 - Frequência;

1.5 - Ressonância.

 

2 - Processamento Digital do Sinal Acústico

2.1 - Análise de Fourier;

2.2 - Filtros Digitais e Análise LPC.

 

3 – Teoria Acústica de produção da fala: conceitos básicos

3.1 – Teoria fonte-filtro;

3.2 – Teoria da Perturbação

 

4 – Caracterização acústica dos sons da fala

4.1 – Característica acústicas de vogais;

4.2 – Característica acústicas de ditongos;

4.3 - Características acústicas de consoantes oclusivas;

4.4 - Características acústicas de consoantes fricativas;

4.5 - Características acústicas de consoantes nasais;

4.6 - Características acústicas de consoantes laterais;

4.7 -Características acústicas de consoantes vibrantes.

 

Referências:

BARBOSA, P. e MADUREIRA, S. Manual de fonética acústica experimental. São Paulo: Cortez Editora, 2015.

FANT, G. 1960. Acoustic theory of speech production. Haia: Mouton.

FRY, D. The physics of speech. Cambridge: Cambridge University Press, 1979.

JOHNSON, K. Acoustic and Auditory Phonetics. Oxford: Blackwell, 1 ª. edição 1997, 2ª. edição 2003.

KENT, R. & C. Read. Análise acústica da fala. São Paulo: Cortez Editora, 2015.

LADEFOGED, P. Elements of Acoustic Phonetics, 2nd edition (revised). Chicago: University of Chicago Press, 1996.

----- A course in phonetics. Boston: Thomson Learning, 2001, 4th. Edition.

LADEFOGED, P. & MADDIESON, I. The sounds of the world’s languages. Cambridge (MA): Blackwell, 1996.

LLISTERRI, J. Introdución a la fonética: el método experimental. Barcelona: Editorial Anthropos, 1991.